Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Ações de Preservação
Início do conteúdo da página

Ações de Preservação

Publicado: Quinta, 25 de Junho de 2015, 12h54 | Última atualização em Terça, 18 de Agosto de 2015, 18h15 | Acessos: 1977

   

preserva 01preserva 01

O Centro Tecnológico do Exército, localiza-se no bairro de Guaratiba, na cidade do Rio de Janeiro-RJ, e tem sob sua responsabilidade uma área de aproximadamente 25 Km² e que se encontra dentro da Reserva Biológica de Guaratiba (RBG). Segundo matéria do jornal O Globo de 19 de maio de 2011 é reconhecidamente “a unidade de conservação mais bem protegida do estado do Rio de Janeiro”.     

 

 

preserva 02preserva 02

Como principal responsável pela área e a fim de manter preservada a área sob a sua administração, este Centro Tecnológico tem atuado proativamente realizando operações para inibir e impedir ações nocivas ao meio ambiente responsabilidade. Paralelamente, realizou diversas ações com o objetivo de buscar sua preservação. Pode-se enumerar algumas delas: a criação de política de utilização racional do solo, buscando manter o controle populacional da área; a firmação do acordo de cooperação técnica com o INEA (Instituto Estadual do Meio Ambiente), visando a preservação da Reserva; e a realização de plantio de mudas de mangue. Esta última ação contou com a participação de alunos e professores da rede pública de ensino, autoridades da área ambiental do estado do Rio de Janeiro, professores do Instituto Militar de Engenharia, militares do CTEx com seus familiares e pela empresa Sea Project, responsável pela doação de mudas.

 

preserva 03preserva 03

O Centro Tecnológico do Exército pode ser considerado um ator importante no setor ambiental, no que concerne à RBG. Dessa forma, está elaborando o seu Plano de Gestão Ambiental do Complexo de Guaratiba – PGACG, que contribuirá para que as práticas inerentes às suas atividades estejam em consonância com a legislação ambiental.

 

 

 

preserva 04preserva 04

O PGACG, em seu escopo, prevê a revisão de procedimentos na geração de resíduos, a promoção do uso dos recursos e sua reutilização de maneira equilibrada, a otimização do acondicionamento, a destinação correta dos resíduos sólidos e o desenvolvimento de práticas de reciclagem compatíveis com as especificidades de uma organização instalada dentro da Reserva Biológica de Guaratiba.

Fim do conteúdo da página